24/02/2012

Empreendedor individual



O programa estimula os trabalhadores que atuam por conta própria no comércio, na indústria e no setor de serviços a sair da informalidade, legalizar sua atividade, com direito a CNPJ, e passar a contar com a proteção da Previdência Social durante toda a vida.
Formalizado, o trabalhador tem direito a aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez e auxílio-doença. A trabalhadora tem também salário-maternidade. A família fica protegida com pensão por morte e auxílio-reclusão.
Atualmente, existe uma lista com quase 500 atividades que podem ser desempenhadas por empreendedores individuais com renda de até R$ 60 mil por ano. São ambulantes, doceiras, pipoqueiros, manicures, cabeleleiros, artesãos, entre outras atividades que contribuem para dinamizar a economia do país.

COMO FAÇO PARA ME
FORMALIZAR?
Acesse o endereço na internet:

Lista das atividades
Portal do empreendedor