15/02/2012

Recursos contra decisões do INSS


       e-recurso

Quando você não concorda com uma decisão do INSS relativa ao seu benefício, o INSS disponibiliza um formulário modelo para a interposição de recurso para a Junta de Recursos. O prazo para recorrer  é de trinta dias após a ciência da decisão tomada. São de alçada exclusiva  das juntas às decisões de matéria médica, decisão que diga respeito ao reajustamento do benefício em manutenção em Lei , exceto quando da diferença na renda mensal atual (RMA) decorrer de alteração da renda mensal inicial (RMI). 
Com o processo eletrônico é esperado maior rapidez e eficiência para o segurado e já está funcionando nos estados do Rio Grande do Norte e do Rio Grande do Sul;  até o final de 2013 o objetivo é implantar em todos os estados

2 comentários:

  1. Venho novamente solicitar uma orientação do Doutor e agradeço desde já imensamente pela atenção.
    Foi cortado o benefício de minha sogra por um equívoco,pois bem,uma advogada conhecida entrou junto ao inss com processo administrativo.No último dia 08/02/12,foi concedido por unanimidade o provimento de seu benefício,desde então a advogada com procuração não vai junto ao inss buscar uma certa carta para a minha sogra poder receber novamente o benefício.Minha sogra vive em situação de miséria,já tentei falar com a advogada e ela não me atende.Minha sogra não tem nenhuma cópia das duas procurações que concedeu a ela.Gostaria de saber qual o procedimento do inss depois do processo administrativo já ganho pelo contribuinte.Se a atitude da advogada é correta.Não sei o porque de tanta demora para ir buscar esta tal carta,pois só ela tem procurações.Minha sogra não poderia ir buscar esta carta pessoalmente? Ela recebia o Amparo Social ao Idoso.
    O número do processo é:35429.000675/2011-73.Por favor,me ajude.Não sei que atitude tomar,pois moro em São Paulo,minha sogra em Piracicaba-SP e o processo correu em Santa Bárbara do Oeste-SP.
    Obrigado pela atenção
    São Paulo,09 de Março de 2012
    meu Email: zanacastro@bol.com.br

    ResponderExcluir
  2. Venho novamente solicitar uma orientação do Doutor e agradeço desde já imensamente pela atenção.
    Foi cortado o benefício de minha sogra por um equívoco,pois bem,uma advogada conhecida entrou junto ao inss com processo administrativo.No último dia 08/02/12,foi concedido por unanimidade o provimento de seu benefício,desde então a advogada com procuração não vai junto ao inss buscar uma certa carta para a minha sogra poder receber novamente o benefício.Minha sogra vive em situação de miséria,já tentei falar com a advogada e ela não me atende.Minha sogra não tem nenhuma cópia das duas procurações que concedeu a ela.Gostaria de saber qual o procedimento do inss depois do processo administrativo já ganho pelo contribuinte.Se a atitude da advogada é correta.Não sei o porque de tanta demora para ir buscar esta tal carta,pois só ela tem procurações.Minha sogra não poderia ir buscar esta carta pessoalmente? Ela recebia o Amparo Social ao Idoso.
    O número do processo é:35429.000675/2011-73.Por favor,me ajude.Não sei que atitude tomar,pois moro em São Paulo,minha sogra em Piracicaba-SP e o processo correu em Santa Bárbara do Oeste-SP.
    Obrigado pela atenção
    São Paulo,09 de Março de 2012
    meu Email: zanacastro@bol.com.br

    ResponderExcluir

QUAL É A SUA OPINIÃO?

Deixe seu comentário e acrescente idéias e respostas.