09/01/2013

Reajuste das aposentadorias acima do mínimo em 2013



FATOR DE REAJUSTE DOS BENEFÍCIOS CONCEDIDOS DE ACORDO COM AS RESPECTIVAS DATAS DE INÍCIO, APLICÁVEL A PARTIR DE JANEIRO DE 2013



DATA DE INÍCIO DO BENEFÍCIO
REAJUSTE (%)
Até janeiro 2012
6,15
em
fevereiro/2012
5,61
em
março/2012
5,20
em
abril/2012
5,01
em
maio/2012
4,34
em
junho/2012
3,77
em
julho/2012
3,50
em
agosto/2012
3,06
em
setembro/2012
2,59
em
outubro/2012
1,95
em
novembro/2012
1,23
em
dezembro/2012
0,69



TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DOS SEGURADOS EMPREGADO, EMPREGADO DOMÉSTICO E TRABALHADOR AVULSO

O valor mínimo dos benefícios pagos pelo INSS





SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS

até   R$ 1.247,11                                    8%
de   R$  1.247,12   até   R$  2.078,52     9%
de   R$  2.078,53   até   R$  4.157,05     11 %

obs: válida para os pagamentos efetuados em fevereiro com competência janeiro de 2013

Valor mínimo benefícios:

aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte -, das aposentadorias dos aeronautas e das pensões especiais pagas às vítimas da síndrome da talidomida, será de R$ 678,00.
O mesmo piso vale também para os benefícios da Lei Orgânica da Assistência Social (Loas) para idosos e portadores de deficiência, para a renda mensal vitalícia e para as pensões especiais pagas aos dependentes das vítimas de hemodiálise da cidade de Caruaru (PE). Já o benefício pago aos seringueiros e seus dependentes, com base na Lei nº 7.986/89, terá valor de R$ 1.356,00.
A cota do salário-família passa a ser de R$ R$ 33,14 para o segurado com remuneração mensal não superior a R$ 646,24 e de R$ 23,35 para o segurado com remuneração mensal superior a R$ 646,24 e igual ou inferior a R$ 971,33.
Já o auxílio-reclusão será devido aos dependentes do segurado cujo salário-de-contribuição seja igual ou inferior a R$ 971,33. O teto do salário-de-contribuição e do salário-de-benefício passa de R$ 3.916,20 para R$ 4.157,05.