16/04/2014

Salário mínimo de R$ 779,79 para 2015


O aumento proposto é de 7,71% e tem como base a variação da inflação do ano anterior e do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes.

:

A inflação em 2014 está em 6,47%  e de acordo com o relatório FOCUS a projeção da inflação para 2015 subiu de 5,84% para 6,00%; desse modo o ganho seria de 1,61%

Pelas regras atuais, o ano de 2015 será o último no qual será adotada a atual fórmula de correção do salário mínimo, ou seja, variação da inflação do ano anterior e do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

Para a Previdência,  a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2015, que será entregue ainda hoje ao Congresso se confirmar, implicará   no novo piso previdenciário .

A Constituição Federal assegura a irredutibilidade do valor dos benefícios e o reajustamento dos benefícios para preservar-lhes, em caráter permanente, o valor real, conforme critérios definidos em Lei; atualmente o INPC é o índice utilizado.

O valor recebido pelo aposentado não apresenta correpondência com o  salário mínimo.

O fato da renda mensal atual em salários mínimos ser menor do que o originalmente recebido em salários  mínimos, não quer dizer que o benefício deverá ser revisado por conta desse fator.