29/07/2016

Quem vai bater panela agora?








  • Michel Temer, presidente em exercício, aposentou aos 55 anos como procurador do Estado de São Paulo e recebe R$ 30.613,24 de benefício. 
  • Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha,  se aposentou aos 53 anos na Câmara dos Deputados, de onde recebe R$ 19.389,60 por mês
  • as Forças Armadas foram responsáveis por um sangria de R$ 32,5 bilhões aos cofres públicos.e,  não contribuem para a previdência. 
  • Até 1999, os parlamentares aposentavam pelo Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC). Entre os benefícios do plano estava o direito de deixar o mercado de trabalho após 8 anos de mandato e um mínimo de 50 anos de idade. 
  •  O Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC), que exige idade de 65 anos e contribuição de 30 para aposentadoria em qualquer regime. O salário, porém, é pago de acordo com o recebido como parlamentar. Para cada ano de mandato, o congressista recebe 1/35 do que recebia quando Senador;  o dinheiro sai do Tesouro.
  • A Câmara pagou R$ 19,7 milhões a beneficiários do Plano de Seguridade Social dos Congressistas, sendo R$ 15,7 milhões aos aposentados e R$ R$ 4 milhões aos pensionistas (viúvas e filhos menores).
  • Em 2015, o desvio da contribuição previdenciária foi de R$ 103,2 bilhões, segundo levantamento realizado pelo Sindicato dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz)
  • O trabalhador urbano que  contribui com o INSS, onde todos pagam, injetou R$ 5,1 bilhões nos cofres públicos no ano passado, enquanto nos regimes próprios nem todos pagam, ou pagam menos que os trabalhadores comuns. 

  

"Pois não se engane: o projeto é criar um estado mínimo apenas para você. porque, enquanto o Estado é mínimo para você, ele é generoso com aqueles que usam as leis para defender seus patrimônios e investimentos,. Os mesmos bancos que pagam seus consultores para falar contra seus direitos não temem em recorrer ao estado quando os negócios vão mal." (Vladimir Safatle (Folha de São Paulo 29/07/2016))







Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUAL É A SUA OPINIÃO?

Deixe seu comentário e acrescente idéias e respostas.